...

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Eis que te digo... (4)

Por ultimo, trago meu principal ponto de reflexão.

Profetas dizem falar em nome de Deus... Minha pergunta é: em nome de qual deus eles falam? Em nome de dEUs ou de Deus?

Falar em nome de Deus é fácil, difícil é assumir o que se fala, e conseqüentemente os erros e equívocos concernentes a nossa condição humana.
Pessoas com problemas emocionais e de identidade não conseguem falar por si, e usam a divindade para manipular, controlar e realizar seus próprios caprichos.

Quando a voz de um líder se torna a voz de Deus, o mesmo passa a ser inquestionável. Porém está provado biblicamente (por ex: torre de Babel, Nabucodonosor, Saul) e historicamente (por ex: império romano, nazismo), que o absolutismo humano, por mais “espiritual” que pareça, esta fadado ao fracasso.

Um comentário:

Buscando o conhecmento disse...

manooo... legal isso, é preciso ter essa compreenção e saber que muitas vezes o cristao tem q deixar de depender de profecias e ler mais a biblia, deixar de ser preguisoso!!!